Analista conta em quais criptomoedas investirá R$ 5.000 em julho

O mês de julho se aproxima e o analista do Altcoin Daily, Aaron Arnold, compartilhou como investiria US$ 1.000 em criptomoedas no mês que vem. Em um vídeo recente, ele destacou que metade do valor seria destinado para compra de Bitcoin. O restante, ele dividiria entre Ethereum, Cardano, Polkadot e outras altcoins.

US$ 500 em Bitcoin 

Como era de se esperar, 50% do portfólio de Arnold seria composto pela maior criptomoeda em valor de mercado. Sobre sua escolha, o analista justificou que o BTC é a moeda digital mais descentralizada e mais resistente à censura. 

Além disso, ressaltou que o Bitcoin continua atraindo investimentos institucionais e despertando o interesse de países pequenos, como El Salvador. Recentemente, a nação da América Central adotou o BTC como moeda de curso legal no país.

No vídeo, Arnold compartilhou uma fala do presidente salvadorenho Nayib Bukele. Em entrevista, o chefe executivo de El Salvador afirmou que a adoção do Bitcoin é um “salto para a humanidade”:

“Parece à prova de balas. Tenho certeza de que isso vai funcionar, não só para nós, mas para a humanidade, porque é um salto para a humanidade”, disse Bukele à Peter McCormack. 

US$ 200 em Ethereum 

Outros US$ 200 Arnold disse que investiria em Ethereum (ETH). Para justificar seu otimismo com a maior altcoin em valor de mercado, o analista compartilhou uma notícia recente envolvendo Goldman Sachs e JPMorgan.

Conforme noticiou a Bloomberg, o Goldman se juntou à rede Onyx, uma plataforma de negociação online baseada na blockchain Ethereum criada pelo JPMorgan Chase.

Na prática, o Goldman usará a plataforma para acordos de recompra que usam contratos inteligentes e uma versão digitalizada do dólar americano. Assim, para o analista, essa notícia é especialmente animadora para a ETH.

US$ 100 em Cardano, Polkadot e Kusama

Dos US$ 300 restantes, o analista disse que dividiria US$ 100 entre Cardano, Polkadot e Kusama. De acordo com o analista, Kusama e Polkadot estão entre as opções de investimento devido às suas parachains.

As parachains são soluções usadas para viabilizar a interoperabilidade entre redes blockchain. Elas se baseiam sobre a Polkadot enquanto a Kusama funciona como uma rede de testes antes da integração.

Já no que diz respeito à Cardano (ADA), Arnold observou que, recentemente, a IOHK (desenvolvedora da plataforma) anunciou uma parceria com o Orion Protocol. 

O acordo prevê a criação de um balcão único descentralizado para negociação de criptomoedas. Nesse contexto, Cardano será integrado ao terminal de negociações. E isso permitirá que os investidores da ADA comprem e vendam suas criptomoedas no novo balcão.

US$ 100 em Enjin Coin e Flow

Outros US$ 100, Arnold disse que usaria para comprar duas altcoins menos conhecidas: Enjin Coin e Flow. 

O investimento em ENJ se explica pela recente parceria da plataforma de tokens não fungíveis, ou NFTs, com a empresa que digitaliza artefatos históricos, Virtual Worlds. O primeiro projeto será a construção do Egito antigo em um metaverso baseado em blockchain.

No caso da Flow, o analista mencionou que a plataforma focada em NFT Rarible arrecadou US$ 14,2 milhões para lançar um mercado adicional na blockchain Flow. 

Dessa forma, o criptoativo pode valorizar, sendo uma boa opção de investimento para o mês de junho.

US$ 100 em Dogecoin e XCAD

Finalmente, Arnold disse que compraria US$ 50 em Dogecoin e US$ 50 em uma altcoin de baixo valor de mercado.

Sobre a DOGE, ele destacou que o CEO da Tesla, Elon Musk, e os desenvolvedores da criptomoeda estão promovendo uma proposta para reduzir as taxas de transação em 90%. A ideia é tornar a criptomoeda meme mais viável como método de pagamento. 

Por isso, Arnold acredita que DOGE é uma altcoin interessante para manter no portfólio em pequenas quantidades.

Os US$ 50 finais ele disse que apostaria na XCAD Network. Trata-se de um projeto que fornece aos criadores de conteúdo ferramentas DeFi para criar uma economia incentivada. A plataforma trabalha com a tokenização do envolvimento do público de cada criador e seu conteúdo.

Conforme destacou o analista, essa altcoin está recebendo apoio de influenciadores e pode progredir no futuro.

Leia também: Baleia de Dogecoin perde R$ 85 bilhões durante queda do mercado

Leia também: Binance e OKEx podem ser proibidas de atuar no Brasil?

Leia também: Usuário ganha US$ 1 trilhão na Coinbase após erro na plataforma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.