4 estratégias do trader de criptomoedas que saiu do zero para R$ 5 milhões

Devchart é um famoso trader de criptomoedas com mais de 100 mil seguidores no Twitter. Em uma conversa recente com outro trader, ele conta como conquistou seus primeiros US$ 100 mil saindo do zero. Além disso, ele conta como progrediu desta marca até R$ 5 milhões.

Segundo Devchart, ele conquistou US$ 100 mil pela primeira vez em 2017. Contudo, ele confessa que foi na sorte, já que o mercado estava em alta.

Ele então lista 4 estratégias usadas até hoje que fizeram com que ele transformasse US$ 100 mil em mais de US$ 1 milhão.

Da conta demo até US$ 1 milhão

Devchart explica que, em 2017, ele nunca havia realizado operações como trader. À época, ele somente comprou criptomoedas que estavam no “hype” e vendeu após um bom lucro.

Porém, após fazer mais de US$ 100 mil em pouco tempo, a profissão de trader chamou sua atenção. Devchart então começa a usar contas demo, que são contas nas quais é possível operar sem depositar valores.

“Percebi que essas contas são úteis, mas não dão uma noção do que é realmente ser trader. Então comecei a operar com pequenos valores, sempre operando com altcoins na Binance. Tentei alavancagem algumas vezes, mas foi um desastre. Então, em 7 meses, consegui transformar alguns milhares de dólares em US$ 100 mil,” conta o trader.

Nesse período, ele conta que aprendeu duas lições valiosas, que entraram em suas estratégias. A primeira é não buscar ganhos expressivos em alavancagem, focando em lucros em operações constantes em vez de apostar tudo em poucas operações.

Já a segunda lição é operar com gerenciamento de risco para, no caso de perda, perder pouco. “É muito fácil fazer dinheiro com criptomoedas, mas é muito difícil manter esse dinheiro. Então, é importante aprender como perder pouco dinheiro no caso de perdas,” explica Devchart.

US$ 100 mil hoje com BSC e altcoins

O trader então é questionado sobre como faria US$ 100 mil hoje. Uma opção mencionada por Devchart que ele afirma ser acessível a todos, mas que não está livre de risco, são tokens da Binance Smart Chain (BSC).

“Muitas pré-vendas são acessíveis a todos, mas é preciso muita pesquisa para encontrá-las. Se você abrir um site que agrega preços de criptomoedas, você sempre vai ver um projeto suspeito, mas que sempre está entre os maiores lucros do dia. Um clone de Dogecoin, um token de comida, todo dia tem um token novo. Eles sempre estão fazendo pré-vendas, o problema é que você não ouve falar sobre eles.”

Entretanto, Devchart reforça novamente que essa estratégia possui um nível considerável de risco. Por fim, para os mais cuidadosos, ele dá uma quarta estratégia que pode funcionar:

“Eu negociaria altcoins, mas muita gente não tem a paciência necessária, especialmente quando eles possuem quantias pequenas para investir. Chegar a US$ 100 mil começando com US$ 100 ou US$ 1.000 pode demorar anos, então é preciso ter paciência. Mas muita gente não tem,” conclui o trader.

Leia também: Ripple investe R$ 85 milhões em plataforma de NFTs 

Leia também: Banco Central não criará carteira para real digital 

Leia também: Bitcoin tem pior trimestre desde 2018, mas julho pode ser positivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba informação em primeira mão e sem SPAM.


© Como Ganhar Dinheiro. Todos os direitos reservados.